Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Meu show

Tatá Werneck salva conversa com Neymar na estreia da 2ª temporada do ‘Ladynight’

Neymar bate uma bolinha com Alberto Arguelhes, pai de Tatá, no palco do 'Ladynight'

Neymar não gosta de ver jogo de futebol, nem aqueles de que participa. Também gostava de ver novela, mas perdeu o hábito porque começou a namorar e, sendo muito ciumento, preferiu não mais assistir aos folhetins, numa referência velada à ex, Bruna Marquezine. Até a declaração de que Bruna ainda é a pessoa que ele mais ama na vida foi puxada pela entrevistadora, que diz prever uma “reviravolta” – fazendo aí a ressalva de que essa gravação já tem mais de dois meses.

São raras as frases que o astro mundial do futebol completa, com início, meio e fim, durante sua entrevista a Tatá Werneck, na estreia da 2ª temporada do talk show “Ladynight”. O canal Multishow colocou os cinco primeiros episódios do programa no ar nesta quinta, 5 de outubro, pelo Multishow Play, plataforma de streaming, em serviço exclusivo para assinantes. À TV, o programa só chega na segunda-feira, dia 9, e irá ao ar de segunda a sexta, às 23h.

É a entrevistadora quem salva a conversa. Neymar ri de tudo, responde a cada pergunta em poucas palavras e ela vai completando. Faz de cada reação uma piada. Por diversas ocasiões, ele nem chega a abrir a boca, e ela responde por ele. “Quando você está entrando e o outro cara está saindo de campo, numa troca de jogadores, você olha e fala ‘se fodeu, não deu conta?'” Ele ri.

“Você, alguma vez, quando viu a torcida gritando para o técnico ‘burro! burro! burro’, você pensou: ‘brilhante ele realmente não é’?” Ele ri. E sussurra, com a mão na frente da boca: “depois eu te falo”. Tatá completa: “Entendi. Um beijo para Dunga”.

Tatá lembra que os dois se conheceram na estreia dela na Globo, em cena para a novela “Amor à Vida”, em 2013, quando ela fazia uma alpinista social e tentava se jogar sobre ele num quarto de hotel. “Viu que eu dei sorte pra você, né?” Ele? Ri. E lembra que naquela ocasião, ele “chorei de rir com você”.

Rápida no contra-ataque das reações que garantem a graça da conversa, Tatá endossa nesta nova temporada o que já tinha se evidenciado na primeira: o melhor do talk show é ela mesma. Bem cercada por quadros em sintonia com o convidado, ela também faz a plateia chorar de rir, especialmente quando se despe de qualquer pudor sobre o que diz ou faz em cena. Fala bobagem aos montes, mas, diferentemente de tanta gente que fala bobagem sem se dar conta, Tatá investe na gag, humaniza o meme de si mesma e faz parecer tudo muito espontâneo, discurso aparentemente resultado de alguém divertidamente inconsequente.

Gravada em julho, quando o jogador ainda tentava omitir a transferência do Barcelona para o Paris Saint-Germain, a conversa aconteceu após o segundo rompimento entre ele e a atriz Bruna Marquezine, citada ocasionalmente ao longo da conversa com Tatá. “Agora, vamos para o quadro ‘Realmente não falamos sobre Bruna'”, repetiu Tatá duas vezes. Ele? Riu. Em outro momento, num quadro com Marco Gonçalves faz perguntas em que os dois devem terminar a resposta juntos, vem a questão: “quem é a pessoa que você mais ama nessa vida?” Tatá não se contém e pronuncia: “Brrrrruuuuu….” Ele ri, a plateia ri, e Neymar então diz: “não é uma mentira”. O auditório aplaude, torcida total, e Tatá começa a cantarolar: “Eu sei que uma reviravolta virá, prometi não interferir, mas ela tá gostosa pra caralho”.

E, afinal, para quem hoje tem tudo, o que falta realizar, ela quer saber. “Abrir o mar com cajado? Cuspir ouro?” Neymar diz que ganhar uma Copa do Mundo continua sendo um grande sonho a realizar. “E quero casar”. Ela se derrete, como se fosse com ela, e ele até explica que é sério: “Fui no casamento do Messi agora, foi bonito pra caramba”. E Tatá: “Tem que ser bonito, o dinheiro que ele ganha…”

O programa tem mais de 20 quadros para adaptar ao entrevistado, e um desses está nos 20 novos episódios da temporada: é “O Especialista”, em que ela para a conversa com o convidado para entrevistar um especialista de qualquer área. No da estreia, com Neymar, trata-se de um vidente, o que garante um dos melhores momentos da edição. Tatá quer saber do vidente, afinal, onde ele estava naquele fatídico dia do “7 X 1’. O especialista admite que fez uma previsão errada. O homem prenuncia que ela terá uma vida amorosa difícil, e ela quer saber se já deve encerrar o namoro com Rafael Vitti, embora diga, em outros momentos do programa, que o romance já acabou.

Quando a conversa com Neymar vai beirando o tom de entrevista entre amiguinhos, ela pergunta: “Você já foi garoto propaganda de tudo. O futebol não tá atrapalhando sua carreira de garoto-propaganda?” Ele ri.

“Você faria um comercial de disfunção erétil, como o Pelé fez? Eu faria” Ele ri: “aí não dá, né?”

O programa termina com os dois cantando uma espécie de cântico evangélico que evolui para um refrão em axé, que martela o verso “eu quero a minha Copa do Mundo”.

Ainda nesta temporada, Tatá entrevista Carolina Dieckmann, Caio Castro, Cleo Pires, Cauã Reymond, Glória Maria, Gretchen, Ingrid Guimarães, Luan Santana, Maísa Silva, Marina Ruy Barbosa e Pabllo Vittar, entre outros. Cada edição soma 45 minutos e conta também com a boa participação dos humoristas Daniel Furlan e Marco Gonçalves, além do pai da apresentadora, Alberto Arguelhes, que faz participações esporádicas no programa. A direção é de Lilian Amarante, uma craque no formato, com realização da produtora Floresta, de Elizabetta Zanatti.

Durante a exibição da 1ª temporada, o Multishow foi líder em audiência na TV paga no target de 18 a 34 anos. Na Grande São Paulo, a liderança se estendeu a todas as faixas etárias. Durante as cinco semanas em que esteve no ar, mais de 12,8 milhões de pessoas assistiram ao programa na TV. E no Multishow Play, o “Lady Night” bateu recorde de horas assistidas, com mais de 730 mil horas de consumo e mais de 2,3 milhões de videoviews no mês de estreia.

Recomendo muito.

 

 

 

 

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione