Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo

Com compromisso de manter ‘independência’, CNN Brasil anuncia nova CEO

Raquel Afonso, nova CEO da CNN Brasil, veio da TV TEM, rede de retransmissoras da Globo no interior paulista / Reprodução

A jornalista e executiva Renata Afonso assumirá a posição de CEO da CNN Brasil, conforme comunicado distribuído pela empresa nesta terça-feira (13). No texto, a CNN atribui a Renata grande experiência no mercado de mídia, tendo sido por 14 anos a principal executiva da TV TEM, afiliada da TV Globo presente em 318 municípios do Estado de São Paulo. Ela também teve passagem pela Band, Rede TV! e HBO, antes de ingressar na TV TEM.

É um nome discreto diante de outras opções que vinham sendo especuladas pelo mercado.

Ela chega para o lugar de Douglas Tavolaro, ex-sócio do canal, que fundou a CNN Brasil desde o nascimento da empresa, mais de um ano antes de entrar no ar. Deixou a Record, nos primeiros dias de 2019, para dar início a toda a construção do canal, desde a sede, na avenida Paulista, às contratações que formaram seu elenco.

No último dia 25 de março, Tavolaro anunciou que estava vendendo a sua parte na sociedade a Menin, que se torna agora proprietário único da CNN Brasil, para ir trabalhar nos Estados Unidos, com a edição de conteúdos ainda não informados.

Embora nenhuma das partes tenha mencionado qualquer conflito, o surgimento de divergências é apontado nos bastidores como justificativa para a saída de Tavolaro. Falou-se até que antes de vender a sua fatia, minoritária, o CEO teria tentado adquirir a parte de Menin na sociedade, o que dependeria de financiadores de alto fôlego –embora esteja muito bem financeiramente, Tavolaro não tem a fonte de renda de seu ex-sócio, nome forte da construção civil, presente, aliás, na última lista da Forbes entre os brasileiros mais ricos.

Ao se despedir de Tavolaro e agradecer publicamente pelos trabalhos prestados, Menin assumiu o compromisso de manter a linha editorial que a empresa vem emplacando na imagem deste primeiro aniversário.

Não se pode negar ali a existência de bons profissionais interessados em informação acima de qualquer partidarismo, mas, ao mesmo tempo, a CNN não tem nenhum nome que se comporte com a torcida de Alexandre Garcia no campo de oposição ao presidente Jair Bolsonaro.

E o atual dono único do canal esteve presente recentemente no jantar onde o presidente da República recebeu apoio entusiasmado de um pequeno grupo de empresários.

Ao dar as boas-vindas à nova CEO, Menin,presidente do Conselho de Administração da empresa, afirmou, ainda segundo o texto do comunicado distribuído pela assessoria de imprensa do canal: “Por seu histórico de desafios e sucessos, Renata Afonso é a executiva ideal para presidir a CNN Brasil neste momento em que a emissora se firma como um dos principais players do segmento de mídia. Ela está perfeitamente alinhada com os valores do nosso Conselho Editorial, baseados na independência e no mais elevado padrão ético que caracterizam a CNN nos países em que a emissora está presente.”

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione