Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Meu show

Até outro dia rompida com o SBT, NET cede canal temporário para doações ao Teleton

O cantor Daniel, o jornalista Carlos Nascimento e os apresentadores Celso Portiolli e Maísa Silva Foto de Lourival Ribeiro/Divulgação

Tudo por uma boa causa: durou pouco, quase menos do que as breves pausas no romance entre Bruna Marquezine e Neymar, a crise entre a NET e o SBT.

Rompidas por cinco meses, por discordâncias a respeito da remuneração da emissora de Silvio Santos entre os pagantes da operadora, as duas partes não só voltaram às boas, como se mostram dispostas a colaborar em episódios extraordinários à própria transmissão do canal. O caso que resultou na saída do sinal do SBT da NET, não custa lembrar, estendeu-se às demais operadoras e envolveu também RedeTV! e Record TV, sócias do SBT em uma empresa batizada como Simba, criada justamente para monetizar o conteúdo das três redes abertas na TV paga.

Na comemoração dos 20 anos de Teleton, a NET abriu o canal 254 para aceitar doações ao Teleton, maratona de arrecadação de dinheiro doado para a AACD – Associação de Apoio à Criança Deficiente. O assinante digita sua opção, entre três alternativas, e verá sua contribuição cobrada diretamente na fatura da NET.

O SBT anunciou nesta quarta os nomes confirmados para a edição deste ano, que tomará o fim de semana dos dias 27 e 28 de outubro. A celebração da 20ª edição justificará uma edição de revivals com grandes momentos ocorridos nas maratonas realizadas nos últimos 19 anos, com especial foco para Hebe Camargo, responsável por encampar a causa em nome do SBT.

Uma das novidades da vez é o Teleton +, uma programação feita exclusivamente para a internet, em parceria com a Endemol Brasil e transmissão pelo Facebook, YouTube e Twitter, por influenciadores digitais, simultaneamente à maratona televisiva.

A ocasião marca a volta de Eliana à tela do SBT. Madrinha do Teleton, a loira retorna ao expediente após logo período de afastamento, em razão dos cuidados exigidos pela gravidez muito delicada da pequena Manuela.

A lista de confirmados da vez inclui, além de todo o elenco do próprio SBT, Tiago Abravanel (afinal, herdeiro da casa, mas artista da Globo) e o ex-pupilo do Silvio, Gugu Liberato, hoje na Record TV. Da TV de Edir Macedo, também estão confirmados Sérgio Marone, Marcos Mion e Ticiane Pinheiro. A RedeTV!, outra sócia do SBT na Simba, comparece com os meninos do “Encrenca”, Tatola, Ângelo, Ricardinho e Dennys.

Do Multishow, estão certos Tom Cavalcante, Fernanda Souza (que participou de um dos primeiros Teletons como parte do elenco da primeira versão de “Chiquititas” no SBT, e Wellington Muniz, o Ceará, o que já gera a expectativa de rever o clone de Silvio Santos se encontrando com o original. Nesse contexto, convém observar que a presença de Tom também poderá render um encontro com Senor Abravaenl, que anos atrás o proibiu de imitá-lo na Record (o dono do SBT acreditava que a paródia de Tom, menos caricata que a de Ceará, confundia o público e levava muita gente a sintonizar a concorrência, pensando estar no SBT).

Da TV Cultura, são esperadas as meninas do “Papo de Mãe”, Mariana Kotscho e Roberta Manreza, além da turma do “Quintal da Cultura”, Dorotéia, Lucovico e Osório.

Do GNT, podemos contar com receitas de churrasco de melancia, por meio da celebrada Bela Gil.

Minotauro e Jéssica Andrade, do UFC também confirmaram presença, assim como Oscar Schmidt e Zico.

A turma dita “influenciadora digital” inclui uma longa lista de blogueiros e Youtubers, como Felipe Castanhari, do canal Nostalgia, e Nátaly Neri, do canal Afros e Afins. Para conectar a maratona televisiva à maratona das redes sociais, a emissora conta com dois dos raros profissionais de TV que encontraram êxito nas telas de streaming: Celso Portiolli, hoje apresentador do “Entubados”, no canal Sony, uma competição entre youtubers, e a já não tão pequena Maísa Silva, alvo de milhares de seguidores na web e dona de um raciocínio ligeiro.

Entre os musicais, estão Daniel, Cláudia Leitte, Paula Fernandes, Ultraje a Rigor, Sandy, Wanessa Camargo, Pablo, Padre Fábio de Melo, Felipe Araújo, Aline Barros e outros tantos, com atenção especial para Ana Vilela: é dela a canção tema deste ano, “Trem Bala”, cuja letra se identifica claramente com o companheirismo buscado pela AACD em suas ações.

A meta do ano é chegar aos 28 milhões de reais e já está valendo. Acesse os links aqui: https://www.sbt.com.br/teleton/

A pequena Ltícia, símbolo do Teleton do ano

A pequena Letícia, nascida com má formação congênita, o que lhe afetou braços e pernas, é o símbolo do Teleton deste ano

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione