Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Tá Bombando

Produção nacional para o Discovery Kids, Zoo da Zu é finalista ao Emmy Kids pela 2ª vez

As crianças do 'Zoo da Zu', série da Boutique para a Discovery Kids

Produção nacional assinada pela Boutique Filmes, a série “Zoo da Zu”, exibida no Brasil pela Discovery kids, acaba de emplacar sua segunda indicação entre os finalistas do Emmy Kids International. A rodada deste ano inclui ainda dois títulos da Globo entre os finalistas: “Malhação: Seu Lugar no Mundo”, e “The Voice Kids”.

“Zoo da Zu” concorre na categoria série infantil. Integrante da Brazilian Content, associação que lá representa a BRAVI, associação de produtoras brasileiras independentes, a Boutique participa dessa lista do Kids no Emmy pelo terceiro ano consecutivo. Não é pouca coisa para um país que vem produzindo quase que exclusivamente para a TV paga.

Em 2016, a Boutique viu outra produção sua, “SOS Fada Manu”, coprodução com a Lightstar Studios e o canal Gloob, participar da lista de finalistas do Emmy Kids, então na categoria animação. E em 2015, a produtora recebeu indicação pela primeira temporada de “O Zoo da Zu”.

Produtora de “3%”, primeira série da Netflix no Brasil, a Boutique tem apenas quatro aninhos de vida. É bem verdade que os irmãos Mello, Gustavo e Tiago, já circulavam por esse métier há muito mais tempo. Tiago, inclusive, foi quem plantou a semente da produção do “Sítio do Picapau Amarelo” em versão animada na produtora Mixer, onde trabalhou antes.

O Discovery Kids já confirmou a 3ª temporada de “Zoo da Zu”, que está pronta para ir ao ar, com previsão de estreia para início de 2018.

O Brasil tem ainda um quarto indicado entre os finalistas ao Kids: é “O Diário de Mika”, da Supertoons, na categoria pré-escolar.

A indicação por “Malhação” é para a categoria digital. Na verdade, quem concorre não é a novela em si, mas um spin-off seu, produzido especialmente para a internet, sobre um casal sorodiferente: Henrique (Thales Cavalcanti), soropositivo, e Camila (Manuela Llerena), que na TV sofriam. O casal participou de “Eu Só Quero Amar”, que mistura ficção, com cenas estendidas sobre essa trama, e realidade, por meio de casais sorodiferentes da vida real.

 

O resultado sai no dia 10 de abril, durante o MIPTV, também em Cannes, onde os finalistas foram anunciados, nesta semana.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione