Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Minha série

Presidente da Ancine cobra mais produção independente da Record, última colocada nesse ranking

Christiana Ubach, A Garota da Moto, série da Mixer para o SBT e a FOX

Nova presidente da Ancine, Débora Ivanov cobrou mais presença de produção independente da Record. A emissora é o último canal colocado em um ranking de 2016 que mensura o volume que cada um abriga de produção independente na sua programação.

Em apresentação durante congresso da Abratel, Associação Brasileira de Rádio e Televisão, entidade que representa emissoras como a Record e a RedeTV!, Ivanov exibiu uma série de dados sobre o mercado e, entre elas, uma lista das emissoras que mais abrigam produções independentes.

A TV Brasil e a TV Cultura encabeçam o ranking, com o maior número de horas em produção independente exibidos. Nem deveria ser diferente. Canais públicos, ambos têm de fato a vocação de abraçar os independentes, bancados, de modo geral, por leis de incentivo mais viáveis para o orçamento dos respectivos caixas.

A Globo vem em terceiro, seguida por RedeTV!, SBT e Band, com a Record por último. Ainda assim, repare que a Cultura não tem nem 10% da programação preenchida por independentes e a Globo abre 2,49% de fatia a esse mercado.

 

Para ser tratado como produção independente, a obra tem de ser 51% de propriedade da produtora, e não do canal. A Record tem feito muitas parcerias com produtoras de fora da emissora, mas não nessa proporção, o que a mantém dona das obras em questão. Para estar à frente da TV de Edir Macedo, o SBT contou, no ano passado, com a série “A Garota da Moto”, feita pela Mixer e custeada também pela FOX. O título ganha nova temporada agora, mas sem a participação da FOX.

Por falar em produção independente, a Ancine está ampliano as vantagens para incentivas a produção de audiovisual fora do eixo Rio-São Paulo. Leia aqui.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione