Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Tá Bombando

Prêmio Multishow alcança liderança na TV paga com programação multitelas

Tatá Werneck e Fábio Porchat no Prêmio Multishow / Foto de Roberto Cermak/Divulgação

Com conteúdo feito sob medida para 9 telas, simultaneamente (TV, Multishow Play, YouTube, Facebook, Instagram, Twitter, Musical.ly, Canal Bis e Bis Play), o canal Multishow bateu recordes em horas consumidas e engajamento durante a realização do 24º Prêmio Multishow, na última terça, dia 24 de outubro.

No quesito audiência de TV linear, no entanto, a edição deste ano ficou em 2º lugar na história da premiação.

Mas todos os números alcançados na soma das telas programadas superam todas as somas anteriores.

Durante a cerimônia, cerca de 2,7 milhões de pessoas passaram pelo canal, com tempo médio de permanência por mais de 47 minutos, tempo que, em televisão, é uma eternidade.

Um aquecimento para a premiação pelo YouTube reuniu, a partir das 18h daquela data, mais de 30 influenciadores no canal Música Multishow, no YouTube, começando pelo hotel dos tais digital influencers., passando a um ônibus-festa e continuando de um galpão montado nos bastidores, onde um time formado por nomes como Fernanda Souza e Gretchen comentava o evento e recebia convidados. Quando rendeu o show do YouTube? Mais de 203 mil horas consumidas, com picos de aproximadamente 76 mil usuários simultâneos.

O site (www.multishow.com.br), reunindo todas as transmissões do evento, recebeu mais de meio milhão de visitas e contabilizou mais de 1 milhão de page views.

O Globosat Play teve um crescimento de 131% de horas de consumo em comparação ao Prêmio Multishow 2016.

Com Fernanda Souza circulando por bastidores e camarins, o Facebook do Multishow alcançou mais de 7,7 milhões de videoviews.

No Instagram, que teve Thaynara OG ao vivo no tapete vermelho, foram mais de 6 milhões de impressões nos stories.

O Twitter do Multishow, que abriu espaço para votação por hashtags em tempo real para decidir o vencedor da categoria “Melhor Clipe TVZ”, somou mais de 6,6 milhões de tweets. O troféu foi para “Acordando o Prédio”, de Luan Santana.

Já as hashtags #PrêmioMultishow e #MelhorClipeTVZLuan ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente, nos ‘Trending Topics’ mundiais. No Brasil, as mesmas hashtags conquistaram o primeiro lugar.

Os resultados endossam, sob todos os aspectos, as estratégias do canal para expandir seu conteúdo em outras telas, tendo desdobramentos personalizados para cada plataforma de consumo, valorizando as atrações do canal.

 

MAS…

É preciso notar que embora o Prêmio se gabe de abraçar todos os gêneros, este ano a coisa se desequilibrou para além do habitual. Os ídolos mais populares sempre tiveram mais espaço em premiações realizadas por voto do público. Mas o Prêmio Multishow normalmente se preocupa em trazer ao palco algum grande nome da MPB mais tradicional e musicalmente mais rica, como Caetano e Gil ou Ney Matogrosso. Este ano, as raras menções a essa turma só ocorreram graças ao Júri de especialistas, que contemplou Chico Buarque e suas “Caravanas”. Tivemos uma pitada de Emicida, muito sertanejo de sofrência e funk quebra-tudo, com Pablo Vittar e Anitta. Faltou espaço a outros gêneros, que talvez tenham se ausentado pelo mero risco de a audiência quantitativa cair. Pena.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione