Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo
Minha série

‘Escolinha’ rende repertório e audiência ao canal Viva: 3ª temporada estreia com ‘ocupação’ de protesto

Observado por Marcius Melhem, o Seu Boneco, Marco Luque faz sua estreia na 'Escolinha, como Nerso da Capitinga'

Levantamento feito a pedido do TelePadi mostra que a produção da “Escolinha do Professor Raimundo – Nova Geração” é um acerto não só sob o ponto de vista dos nostálgicos.

Somando as duas temporadas exibidas até aqui (de 23 a 27/11/2015, em sua primeira exibição, e de 12 a 23/9 em sua segunda temporada), o Viva ficou em 2º lugar na audiência da TV paga entre o público acima de 18 anos. Enquanto a primeira temporada atingiu a liderança no ranking da TV por assinatura, no total de indivíduos no seu horário, a segunda impactou mais de 7 milhões de pessoas durante sua exibição, em 2016.

Daí a força da iniciativa que consegue unir agendas tão disputadas como as dos alunos dessa classe para mais uma temporada. Se a primeira safra teve 7 episódios, a segunda somou 16 e essa, mais 16. O Viva exibe parte dos episódios e deixa outros inéditos para a exibição na Globo, a partir de novembro.

O episódio que traz o humorístico de volta, a partir desta segunda, será um “Ocupa, Escolinha”, manifestação em referência à ocupação de várias escolas pelo país, recentemente, e principalmente no Estado de São Paulo. Os gritos da sala de aula logo botam em pé as orelhas do Professor Raimundo (Bruno Mazzeo). São palavras de ordem como “Mais Educação”, “Direitos dos Estudantes”, “Reforma, Não”.

Seu Peru (Marcos Caruso) dá o “maiorrrr apoio”. “Teacher! Olha, cofesso que entrei no movimento quando vi a palavra de ordem: Ocupatudo”. Dona Bela (Betty Gofman) fica chocada, Rolando Lero (Marcelo Adnet) tenta dar explicações.

“É… Entra ano, sai ano, e vocês não mudam… Mas chega! Já fizeram seu protesto, agora, todos pros seus lugares. Vamos começar nossa aula!”, ordena o professor.

A turma da vez conta com dois novos alunos: Marco Luque traz de volta o Nérso da Capitinga, originalmente vivido por Pedro Bismark, e Bruno Garcia assume o personagem que cabia a Otaviano Costa, Seu Ptolomeu.

As referências ao noticiário não se perdem. Zé Bonitinho, uma das performances mais bombadas da nova turma, com Mateus Solano, conta que foi preso na operação Banho Tcheco, por desvio de boniteza. E relata que tinha muitas mordomias na cadeia.

A aula ainda conta com a participação de Seu Peru (Marcos Caruso), Seu Boneco (Marcius Melhem), Lúcio Mauro Filho (Aldemar Vigário), Armando Volta (Evandro Mesquita), Baltazar da Rocha (Otávio Muller), Batista (Rodrigo Sant’Anna), Cândida (Maria Clara Gueiros), Capitu (Ellen Roche), Catifunda (Dani Calabresa), Galeão Kumbica (Kiko Mascarenhas), Joselino Barbacena (Ângelo Antônio), Marina da Glória (Fernanda de Freitas) e Pedro Pedreira (Marco Ricca). Tati (Fernanda Souza) não participa do episódio de estreia.

Vai ao ar a partir da próxima segunda, 25, de segunda a sexta, às 20h30, no Viva.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione