Por Cristina Padiglione | Saiba mais
Cristina Padiglione, ou Padi, é paga para ver TV desde 1990, da Folha da Tarde ao Estadão, passando por Jornal da Tarde e Folha de S.Paulo

Cauã Reymond prestigia o ex-diretor da Globo Luiz Fernando Carvalho e cai na dança

true

A princípio, nem Cauã Reymond nem Selma Egrei ou Juan Alba estão no elenco dos novos filmes de Luiz Fernando Carvalho, ex-diretor da Globo, que inaugurou um novo galpão em São Paulo, na Vila Leopoldina, esta semana. Os três, no entanto, assim como Raul Barreto e outros profissionais do ramo fizeram questão de prestigiar o espaço onde o diretor começa a filmar dois longas: “A Paixão Segundo G.H.”, de Clarice Lispector, e “Objetos Perdidos”, idealizado pelo próprio Carvalho, com roteiro de João Paulo Cuenca.

Cauã trabalhou com Carvalho em “Dois Irmãos”, vivendo justamente os personagens do título da obra de Milton Hatoum, os gêmeos Omar e Yaqub, série onde também esteve Juan, como empresário indiano. Selma foi Encarnação, única atriz a participar de todas as fases da novela “Velho Chico”, que lhe rendeu prêmio de melhor atriz pela Associação Paulista dos Críticos de Artes (APCA).

 

A inauguração contou com performances de bailarinos, atores e músicos, mais a participação de Maria Fernanda Cândido, que será atriz única em “A Paixão segundo G.H.”, lendo trechos de Clarice. Para o outro longa, “Objetos Perdidos”, estão escalados Marcela Vivian Russo, Marat Descartes, Ismael Ivo.

A ocasião foi também prestigiada por Renata de Almeida (da Mostra Internacional de São Paulo), Mauricio Ramos (diretor da SP Cine), Marcio Fraccaroli, da Paris Filmes (distribuidora dos dois longas), Paulo Roberto Schmidt produtor e sócio da Academia de Filmes, Tadeu Jungle (cineasta e sócio da Academia de Filmes), mais os atores Gésio Amadeo, Dyio Coelho e Bruno Anacleto, além da cantora Bruna Caram.

Ao TelePadi, o diretor disse planejar o lançamento de  Clarice para 2020, no centenário de nascimento da escritora. Para tocar os dois longas ao mesmo tempo, ele cuida de um às segundas, terças e quartas, e de outro, às quintas, sextas e sábados. Todo esse expediente indica que tão cedo ele não volta a produzir para a TV – embora seja um nome bem visto para as ambições da Netflix no Brasil.

Confira abaixo a celebração final do evento, com Cauã e Maria Fernando em foco.

 

 

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter

Cristina Padiglione

Cristina Padiglione